RPG rebelde rpg

Publicado em 11 de abril de 2012 | por Trevor

16

Rebeldes – ensinando ao público como NÃO jogar RPG

closeObs.: Você está acessando uma notícia antiga, publicada há 7 anos 10 meses e 19 dias.

Desde que dei início ao Lua Sombria, nunca pensei que um dia eu poderia estar falando sobre a novela Rebeldes em qualquer post que seja, afinal é desnecessário dizer que são universos totalmente distintos. Mas algo aconteceu para fazer esses dois universos se colidirem e estabelecer o caos na comunidade RPGística (ok, isso foi dramático!). Um certo dia, o roteirista teve a idéia incrível: “Vamos colocar os rebeldes para jogar RPG!“.

“Nós somos vampiros maus, vamos beber todo o suco da cantina!”

Brincadeiras à parte, quero deixar claro que não vou entrar no mérito se Rebeldes é ruim ou bom, o objetivo aqui é deixar minha opinião pessoal sobre a exposição do RPG na novela e também esclarecer algumas coisas básicas para quem não conhece o RPG e/ou acompanha a novela e caiu aqui de para-quedas.

A princípio, nada contra abordar o tema RPG na novela. Muito pelo contrário, quanto mais divulgar o nosso hobby, melhor. Levar o RPG para mais pessoas é contribuir para que o mesmo continue vivo. Mas lamentável é o fato de que o roteirista tenha distorcido não tenha procurado entender o que é o RPG e mais uma vez o jogando na lama. Antes que me perguntem: sim, eu vi o episódio da novela. Do contrário estaria falando sem conhecimento de causa.

Somente um episódio já pôde dar pelo menos 5 lições de como não se deve jogar RPG. Aqui estão elas:

1- Jogar RPG o tempo todo: Um jogo de RPG não se joga o tempo todo. Como todo jogo, o ideal é que se jogue em momentos de lazer. Manter um bom rendimento no colégio não costuma ser fácil, então jogue o tempo todo somente se você quiser perder média e complicar sua vida.

2- Assustar pessoas: Esse foi o maior absurdo que vi nessa novela. O mundo imaginário não deve influenciar o mundo real. Se você quer fazer papel de idiota e escutar mais pessoas perguntando “você joga aquele jogo do demônio?“, então use presas de plástico, lente de olhos vermelhos e saia por aí gritando “buu!” com os outros na rua para assustá-los (ou fazer eles rirem de você).

3- Criar missõezinhas ridículas: Um jogo de RPG tem um livro com cenário próprio para você interagir através de tramas e desafios, principalmente quando se trata do jogo Vampiro da White Wolf. Quer deixar seu jogo infantil e entediante? Mande os jogadores beberem suco na cantina!

4- Ninguém contraria o mestre: O mestre (ou narrador) do jogo, tem como objetivo elaborar as tramas da aventura, colocar desafios para os jogadores e garantir que todos se divirtam. O mestre do jogo não é melhor do que os jogadores: ele é um dos jogadores. A novela passa a impressão de que o mestre é um ditador que dá as ordens e todos tem que obedecer prontamente. Se você é um mestre de jogo e quer espantar seus amigos para ficar sozinho, siga o exemplo do mestre rebelde.

5- Uma vez que está no jogo, não pode sair: O objetivo principal do RPG é se divertir. Se você não está se divertindo e quiser sair, é sensato que os outros jogadores entendam isso. Uma das boas qualidades do jogo é proporcionar a arte de fazer e juntar amigos. Mas se você quiser ir na contra-mão e estiver afim de criar inimizades, não deixe os jogadores saírem do jogo.

 

 

Por fim, se você assiste a novela Rebeldes e se interessou pelo RPG, peço apenas que não cometa o mesmo erro do roteirista. Agora que você sabe como não se deve jogar RPG, recomendo a leitura do post Montando seu primeiro jogo de RPG em 5 passos. Recomendo também que busque por blogs que tratam sobre RPG de maneira séria, existem muitos na internet. Granto-lhe que Jogar RPG de forma sensata irá garantir momentos memoráveis junto com os amigos. E é claro, qualquer dúvida, sinta-se à vontade para deixar aqui seu comentário.

 


Sobre o Autor

Desenvolvedor de sistemas web, fascinado por estórias sobrenaturais e música obscura. Criou o Lua Sombria para divulgar informações sobre bandas, livros, jogos de RPG e trocar idéias com pessoas que compartilham esses mesmos vícios.



16 Responses to Rebeldes – ensinando ao público como NÃO jogar RPG

  1. daniela says:

    EU ADORO OS JOGOS DE RPG DA NOVELA ESSE QUE VC FALO PARESE SE MUITO CHATO E EU NAO ACHO EMFANTIU OU RIDICOLO ESSA E MINHA O PINIAO

  2. chris says:

    eu jogo RPG da forma dos rebeldes nao levo a serio e so pra passar o tempo!

  3. camila says:

    rpg e muito legal e eu levo a serio

  4. rebeldes sou munto fam de vc eu nam jogo rpg eu jogei uma veis so gostei mas nam jogomais meus pais nam gostaram dese jogo por que as crincas visian nese jogo eso iso . gosto muitos de vc

  5. daniela says:

    ridiculo isso de falar mau do jogo dos rebelde eles jogam do jeito deles e não é vc quem vai criticar isso!!

  6. paula says:

    nao acho bom

  7. bruno says:

    achei super legal o rpg dos rebelds eles me deram inspiracao…..

  8. Samilly says:

    Achei enjusto o comentario claro n tenho nada contra oq vc acha ou deixa de achar mais amo rebelde e tudo q se passa la eu gosto so achhei certo oq vc disse q se alguns dos jogadores quizerem sair do jogo todos tem q entender e conpriender …..

  9. Eduarda Santos says:

    Incrivel RPG inspiração de muita agente

  10. Ketly silva says:

    Bommm .gostar e admirar os rebeldes são uma coisa agora q as regras e as atitudes como eles estavam jogando o RPG estava sem logica mas ao MSM tempo divertido concordo plenamente com o q vc disse ..eu levo a serio o jogo mas tudo ao seu tempo tem hora pra tudo .eu ate gosto de ser um pouco como os rbd gosto de aventuras de perigo e por isso emvez em quando jogo como eles mas moderadamente

    • Trevor says:

      Obrigado pelo comentário, Ketly!

      Confesso que na época em que escrevi o artigo, eu estava com a mente mais fechada, então radicalizei um bocado no texto! Rsrs! Eu concordo com sua opinião. Inclusive, jogar dessa forma pode ser uma porta de entrada para que a pessoa se interesse pelo RPG tradicional mesmo. :)

      • Filipe Gomes de Andrade says:

        Não mano. Tá louco? Isso ofende a imagem do RPG e da mais corda para outros que não comhecem chamarem de “jogo do demônio”. Eu concordo com as coisas que vc falou no post. Chamem aquilo na novela de qualquer coisa, menos RPG. Eu chamo de presepada.

  11. Anônimo says:

    Bom queria muito joga mais não sei por que não sei se e do mau ou do bem por favor quem sabe jogar bem falem para mim por favor obrigado !?

  12. Kayane says:

    Eu acho incrível o jeito que os rebeldes jogam RPG e eu tou espirada pra jogar também ✌

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao Topo ↑
  • † Siga-nos

    Facebooktwittergoogle_plusrssyoutube
  • † Facebook

  • † Twitter

  • † Parceiros

    Blutengel Brasil - Fã Blog

    Alternativo Alemão

    Insanity BH
  • † Pinterest


UA-20981104-1