Gothic Metal Within Temptation

Publicado em 26 de agosto de 2011 | por Trevor

4

Within Temptation

 

“As sombras da noite estão espalhadas novamente. Onde sua ganância  começa, o fim se aproxima.”

Em 1996, o guitarrista Robert Westerholt e a vocalista Sharon den Adel deram início ao legado de Within Temptation. Conquistaram grande número de fãs e uma grande notoriedade na mídia mundial. Uma das chaves para tal sucesso foi a incrível característica de criar algo novo em cada àlbum, sem perder sua essência sonora.

O álbum de estreia foi o Enter, com músicas repletas de guitarras com timbres densos, corais tenebrosos e fortes batidas de bumbo criando uma atmosfera de escuridão e melancolia.

Já o sucessor Mother Earth, veio como uma proposta diferente. Como o nome sugere, a temática do álbum aborda a natureza, mas de uma forma envolvente. O decorrer das faixas transitam entre canções que remetem uma sensação de sossego e harmonia com algumas passagens mais sombrias.

Em seguida veio o The Silence Force, um álbum com menos guitarras pesadas e maior investimento nas orquestras, nos coros e nas suaves passagens da voz de Sharon. Ainda sim, as músicas são complexas e ricas em detalhes, incluindo alguns elementos eletrônicos.

Três anos depois foi lançado o The Heart of Everything, onde Sharon nos presenteia com um vocal mais ousado, forte e agressivo. As guitarras enchem o álbum com riffs empolgantes que fixam na mente, embora algumas experimentações soam algo mais comercial.

Em 2011 o The Unforgiving veio à tona mostrando mais uma vez que o Within Temptation consegue sempre mostrar algo novo. É notável o forte uso dos teclados trazendo uma clima oitentista ao som, combinado com o tom forte das guitarras e a sinfonia sombria que sempre marcou a sonoridade da banda. Outra característica marcante para o The Unforgiving é o fato de ser um álbum conceitual, cujo a estória rendeu o HQ de mesmo nome e também três curta metragens (confira um deles legendado).

Mundialmente conhecido, o Within Temptation em sua respeitável jornada se tornou um dos grandes nomes do Metal no mundo. As experimentações ousadas na sonoridade podem desagradar os fãs mais ortodoxos, contudo, é um risco que toda banda deve assumir para sobreviver ao longo dos anos e não deixar o som previsível e enjoativo. Percebe-se que o  Within Temptation soube fazer a dosagem certa entre o novo e o tradicional.

 

Músicas Recomendadas: Enter,  Dark Wings, Stand My Ground, What Have You  Done, A Shot In The Dark.

Gênero: Gothic Metal / Symphonic Metal

Site Oficial: http://www.within-temptation.com/

Álbuns de Estúdio:

  • 1997 – Enter
  • 2001 – Mother Earth
  • 2004 – The Silent Force
  • 2007 – The Heart of Everything
  • 2011 – The Unforgiving

 

 



Sobre o Autor

Desenvolvedor de sistemas web, fascinado por estórias sobrenaturais e música obscura. Criou o Lua Sombria para divulgar informações sobre bandas, livros, jogos de RPG e trocar idéias com pessoas que compartilham esses mesmos vícios.



4 Responses to Within Temptation

  1. Esses eu conheço. Gostava demais na minha época negra…
    Já tinha anos que não ouvia Within… Valeu aí fih!! rsrs

    • trevor says:

      Apesar de eu ser fã incondicional do primeiro álbum, recomendo você ouvir o material mais recente deles, ficou muito bom!

  2. magno says:

    É muito bom, eles souberam mesmo compor as músicas, faz pouco tempo que curto mais eu considero a banda número 1, de todas as bandas que curto, gosto de todos os álbuns, as vezes fico do dúvida em escolher um álbum para ouvir.

    • trevor says:

      Concordo Magno, eles não tem álbum ruim! Quando estou afim de ouvir algo mais pesado, escuto o Enter. Quando quero ouvir músicas mais leves, o The Silent Force… e por aí vai

Voltar ao Topo ↑
  • † Siga-nos

    Facebooktwittergoogle_plusrssyoutube
  • † Facebook

  • † Twitter

  • † Parceiros

    Blutengel Brasil - Fã Blog

    Alternativo Alemão

    Insanity BH
  • † Pinterest


UA-20981104-1